EXPERIÊNCIA DO CLIENTE: COMO ADOTAR ESSA CULTURA E COLHER SEUS FRUTOS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Será que você sabe mesmo o que significa “Experiência do Cliente”? Se você acredita que se resume a como o seu cliente é atendido pelo seu time de SAC, sinto informar, está enganado.

É fácil associarmos a experiência do cliente ao atendimento, porém é muito mais do que isso! Como definição, de maneira geral, temos: “Todo contato que seu público de interesse (aqui entram clientes e clientes em potencial), tem com sua marca (fisicamente e no mundo web),  produto ou serviço.” Percebe a diferença?

A experiência do cliente é uma cultura a ser adotada pela empresa como um todo, ou seja, deve abranger todos, leia bem, TODOS os departamentos, direta ou indiretamente. 

Site, redes sociais, anúncios, loja física ou virtual (e-commerce), SAC, assistências técnicas no pós-venda, todos esses touchpoints (pontos de contato) devem estar integrados, para que em todos estes momentos, o cliente tenha uma verdadeira experiência, de onde saia mais do que satisfeito; encantado!

No cenário atual em que nos encontramos, onde grande avanço tecnológico dá ao cliente um enorme poder e o mercado fica cada vez mais competitivo, qualquer que seja o ramo, sabe-se que o atendimento ao cliente se tornou um diferencial competitivo. Por outro lado, esse cenário é também favorável às empresas que têm uma maior chance de conhecer, conquistar, encantar e fidelizar o cliente, basta saber como fazê-lo.

Isso significa que, se a sua empresa não tem uma cultura voltada ao cliente e a sua experiência na jornada de compra, talvez seja o momento de fazer alguns ajustes!

Ok, talvez você já saiba de tudo isso, talvez esteja começando agora e estudando essa importância em colocar o foco na solução dos problemas do cliente, ou talvez já esteja sentindo as dores de, ainda, não ter adotado essa cultura, mas agora você sabe o conceito e deve estar se perguntando, como colocar em prática? 

Continue a leitura, traremos algumas dicas que te ajudarão a implantar a cultura do Customer Centric (colocar o cliente no centro) a partir de hoje!

LIDERAR PELO EXEMPLO

Sim, o exemplo vem de cima e os tomadores de decisão são os responsáveis por introduzir a cultura na empresa, mostrar o caminho do sucesso. A comunicação deve ser clara para que todos os setores passem a adotar processos que tenham como foco o cliente e não apenas atender aos interesses da empresa.

ENTENDA O SEU CLIENTE

Parece óbvio, mas você realmente sabe quais as dores do seu cliente? Ou quais oportunidades busca? Em qual momento ele está? Quem é de fato o seu cliente? Ter todas essas respostas bem definidas é essencial para entender e consequentemente ajudar o seu cliente a resolver seus problemas ou encontrar as oportunidades que está procurando, isso pode ser feito através de pesquisas!

TREINE, TREINE E TREINE!

Treinamento é um assunto tão importante que deixamos aqui um artigo com algumas dicas sobre treinamentos de equipes. Para que uma empresa adote uma determinada cultura, é importante que os treinamentos aconteçam de forma periódica, a fim de disseminar o conhecimento e, o mais importante, fixá-lo. Traga cases de sucesso, incentive sua liderança a mostrar os resultados positivos de trazer o foco do seu negócio para o cliente!

Conheça nossa plataforma de treinamento EAD!

MÉTRICAS E RESULTADOS

Medir é a melhor forma de avaliar um resultado. Será que está dando certo? Utilize meios de medir os resultados dos processos que têm adotado. Existem diversas métricas para isso, tais como: Churn (taxa de cancelamento do serviço ou contrato), LTV (Lifetime Value – lucro da empresa em relação ao cliente), NPS (Net Promoter Score – permite que você reconheça seus clientes por “promotores da marca”, “neutros” ou “detratores”), Pesquisas de Satisfação, entre outros.

Além de controlar essas métricas, é importante ter transparência e que os resultados, das pesquisas de satisfação por exemplo, sejam divulgados. 

Dessa forma todos os envolvidos no processo ficam cientes do retorno e da percepção do cliente, podendo melhorar ou utilizar como exemplo para cases de sucesso, isso sem contar o engajamento que é criado entre as equipes e a estratégia em si.

Para que tudo isso seja possível, é necessário que haja investimento, não apenas investimento financeiro, mas também de tempo. Esse processo é facilmente adotado quando se entende que:

Satisfação  ->   Fidelização  ->  00Aumento nas vendas

Se você está convencido a ter seu cliente como total foco do seu negócio, aproveite as nossas dicas e comece hoje mesmo a implantar essa cultura na sua empresa.

Na InHouse, ficamos felizes e orgulhosos de nosso atendimento ter o Fator UAU e ser reconhecido por isso, nosso foco não é apenas no cliente, mas também nos clientes dos nossos clientes, assim garantimos uma satisfação plena em todos os momentos da jornada.

Para saber mais sobre o Fator UAU leia também este artigo que fizemos dedicado à ele, nosso atendimento e à nossa Campanha UAU que é uma das finalistas de um dos principais prêmios do segmento de atendimento ao cliente da América Latina, que é o Prêmio Cliente SA 2020. Fomos indicados na categoria líder em campanha motivacional!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira outros posts do blog
que podem te interessar...

As vantagens do autoatendimento
Atendimento ao cliente

As vantagens do autoatendimento

Algumas empresas ainda ficam em dúvida se devem ou não adotar o autoatendimento, mas saiba que é bastante vantajoso, desde a economia no atendimento em

Leia mais »
Contact Center e o cenário digital
Atendimento ao cliente

Contact Center e o cenário digital

Os contact centers  do mundo todo estão adotando tecnologias e análises avançadas, automatizando seus processos padrão para liberar uma série de benefícios, desde um melhor

Leia mais »

Este website usa cookies para garantir uma experiência melhor e personalizada.
Você navegando no site, assume que está consciente de nossa política de privacidade.