Como criar um perfil poderoso no LinkedIn?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Para ter um perfil poderoso no LinkedIn não basta apenas acumular visualizações, mas também é preciso convertê-las na construção de um relacionamento. 

O LinkedIn é uma ótima oportunidade de construir uma reputação comercial, aumentar a sua rede profissional e ajudar as empresas e contatos a saberem exatamente quem você é e o que faz.

É preciso usar seu perfil para se posicionar como um especialista em sua área e adicionar conteúdos para otimizar para melhores resultados. 

Ao longo deste artigo, mostraremos como criar um perfil poderoso no LinkedIn para aumentar suas chances de conseguir um emprego e se promover com sucesso. Acompanhe a leitura e saiba mais!

Invista na foto de perfil

Em primeiro lugar, a sua fotografia deve ser do seu rosto. Certifique-se de escolher um headshot simples onde você está olhando para frente. Adicionar uma foto de perfil aumenta suas visualizações em até 14 vezes, se compararmos com alguém sem.

Sua foto não precisa ser artificial e não é necessário usar um traje de negócios se esse não for o seu estilo, mas precisa ter uma aparência profissional e agradável. 

Lembre-se de que um sorriso faz a diferença e parecerá confiável. Afinal, as pessoas se recordam mais de rostos do que de nomes. 

Se atente ao título

Você tem 120 caracteres no início de seu perfil para descrever a todos o que você faz.

Muitas pessoas simplesmente colocam seu cargo oficial e, embora isso seja bom, é melhor escolher palavras-chave descritivas e atraentes que façam você parecer o mais comercial possível e que também ajudem a ser descoberto pelas pessoas certas. Afinal, o LinkedIn é um mecanismo de busca.

Alguns exemplos de títulos eficazes são: “Marketing de marca, RP, gerente de comunicações” ou recrutador, RH, profissional de gestão de talentos”. 

Lembre-se de que seu título deve ser objetivo, especialmente se você estiver procurando emprego.

Faça o seu resumo

Esta é sua chance de ser criativo. Você pode incluir fotos em alta resolução, um infográfico ou até mesmo uma apresentação em vídeo que você possa ter feito. Esta é a seção onde você deve se esforçar ao máximo para criar uma seção de resumo única e cativante. 

Afinal, essas são as primeiras frases que as pessoas vão ler e você tem um tempo muito limitado para chamar a atenção do leitor e fazê-lo querer saber mais.

Existem muitas maneiras de escrever um bom resumo. Pode ser qualquer coisa, desde uma cópia da seção de resumo do seu currículo ou pode ser escrito mais como sua biografia. 

Você pode usar uma abordagem mais técnica e listar três ou quatro habilidades principais que você pode trazer para a mesa. 

Como alternativa, você pode adotar uma abordagem de realização e listar três dos quatro grandes resultados que alcançou em nome de seus empregadores ou clientes anteriores. 

Descreva a sua experiência

Este é o corpo principal do seu perfil do LinkedIn. Assim como o seu currículo, esta é a área onde você pode mostrar sua experiência, conhecimento e habilidades. 

Você também pode adicionar onde trabalhou anteriormente, por quanto tempo e resumir suas funções. É importante incluir sua atividade atual e pelo menos duas outras posições.

Use palavras-chave e SEO

Tente incluir palavras-chave em todo o seu perfil, especialmente nas seções Resumo e Experiência, para fins de otimização de mecanismo de pesquisa (SEO). 

Quando os recrutadores usam o LinkedIn, eles usam certas palavras-chave específicas do setor. Esses são termos que garantirão que você apareça nos resultados de pesquisa do LinkedIn.

Quando se trata de entender palavras-chave, escolha as palavras e frases que as pessoas em seu mercado-alvo usam para pesquisar alguém com sua formação, experiência e oferta de serviço. 

Pesquise a página de carreiras de alguns empregadores em potencial nos quais você está interessado e escolha palavras-chave comuns sobre esse emprego ou setor específico.

Informe as suas habilidades 

Este recurso possibilita que os usuários atraiam conexões de acordo com as habilidades que listaram na seção Habilidade e Especialização de seu perfil. 

Embora você possa incluir até 50 habilidades, de 3 a 5 geralmente é um bom número. 

Normalmente, as pessoas só estão interessadas em lidar com especialistas; se você listar muitas habilidades, poderá parecer um generalista em vez de um especialista.

Certifique-se de que seu perfil esteja totalmente concluído

Se o seu perfil do LinkedIn estiver totalmente completo, ele aparecerá 40 vezes mais nos resultados da pesquisa. Aqui está uma lista da definição do LinkedIn para ter um perfil 100% preenchido:

  • Seu setor e localização;
  • Atividade atual com uma descrição;
  • Duas posições anteriores;
  • Sua educação;
  • Suas habilidades, de preferência um mínimo de 3;
  • Uma foto de perfil;
  • Pelo menos 50 conexões.

Esperamos que esse conteúdo te ajude a criar um perfil que proporcione bons resultados profissionais. Aproveite e baixe também o nosso e-book Como criar um perfil arrasador no LinkedIn!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira outros posts do blog
que podem te interessar...

O que é SAC?
Atendimento ao cliente

O que é SAC?

O SAC é o suporte oferecido aos clientes — antes e após comprar e usar seus produtos ou serviços — que os ajuda a ter

Leia mais »

Este website usa cookies para garantir uma experiência melhor e personalizada.
Você navegando no site, assume que está consciente de nossa política de privacidade.